Sexta, 17 de Novembro de 2017
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)
símbolo da Força de Uboats

Resumo

Nome: Friedrich-Wilhelm Wissmann
Patente: Kapitänleutnant (Turma de 1935)
Nascimento: 16/12/1915, Kiel
Falecimento: 09/09/1963
Obs: Afundou 8 navios totalizando 52.346t
2 navios danificados totalizando 15.440t

 

Histórico Profissional

evento

descrição

data / período

observações

patentes  

Offiziersanwärter

05-Abr-1935

 

 

Fähnrich zur See 

01-Jul-1936

 

 

Oberfähnrich zur See  

01-Jan-1938

 

 

Leutnant zur See  

01-Abr-1938

 

 

Oberleutnant zur See  

01-Out-1939

 

 

Kapitänleutnant  

01-Dez-1942  

 

condecorações  

-  

-  

 

navios comandados

U-18

01-Jun-42 à 18-Ago-43

Não fez patrulhas

 

U-518

19-Ago-42 à 13-Jan-44  

Quatro patrulhas (304 dias)  

 

História

Friedrich-Wilhelm Wissmann entrou para a Kriegsmarine em 1935. Após o treinamento serviu em várias flotilhas de varredura de minas de agosto 1938 a abril de 1941. Em abril, ele começou seu treinamento nos U-boat, concluindo os cursos em setembro 1941.

Wissmann sucedeu Hans-Günther Brachmann no novo submarino tipo IXC, U-518, em 19 de agosto de 1942. Ele foi muito bem sucedido com seu uboat, afundando oito navios e danificando mais 2 em 4 patrulhas (300 dias).

Em sua primeira patrulha, ele foi enviado numa missão especial, o desembarque de um agente na América do Norte. Ele deixou Kiel, Alemanha, em 26 de setembro de 1942 e chegou a América do Norte no final de outubro. Em 02 de novembro ele entrou em Conception Bay e afundou dois navios (Castelo Rose e PLM 27). Em 09 de novembro ele deixou com sucesso o agente em Baie des Chaleurs (Chaleur Bay) no Canadá. Wissmann, em seguida, dirigiu-se para águas abertas e 12 dias mais tarde atacou o comboio ON-145, afundando um navio e danificando mais dois. Em 23 de novembro ele afundou seu último navio nesta patrulha antes de retornar para a França, chegando a base em 15 de dezembro, completando uma missão muito bem-sucedida.

Enquanto saía na sua terceira patrulha em 27 de junho de 1943, o submarino foi atacado por um avião britânico Sunderland e o ficou danificado o suficiente para abortar sua patrulha de três dias e retornar à base alguns dias mais tarde, mas não antes de ser atacado novamente no dia 30 por um outro Sunderland.

Ele reembarcou após seis semanas de reparos no dia 18 de agosto, embora esta patrulha de 106 dias tenhas sido um fracasso para o barco. Em 1943, ele passou 223 dias no mar em 3 patrulhas e conseguiu trazer o barco com segurança de volta à base, durante esse ano cerca de 240 U-boats foram perdidos devido à ação inimiga.

Depois de deixar o submarino ele serviu como oficial de treinamento na flotilhas 2, 10 e 26, de janeiro de 1944 até o final da guerra, em maio de 1945.

 

fonte: uboat.net