Quinta, 23 de Novembro de 2017
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 4.25 (16 Votes)

Imagem:Luis Gabriel

p 47 tam 7 20150218 1417832293
P-47D-25-RE s/n 42-26760 restaurado e pintado nas cores do B-5 (s/n 42-29265) com o qual o Comandante Rocha voou boa parte das suas 75 missões de guerra

 

São Carlos, 12 de Dezembro de 2005.

O interior de São Paulo esteve em festa hoje, depois de ficar por muito tempo abandonado em um hangar do CEMUCAM, Cotia (SP), finalmente o lendário P-47D-25-RE s/n 42-26760 poderá novamente ser apreciado pelos amantes da aviação. O veterano de guerra da Campanha da Itália, que pertence à Fundação Santos=Dumont, foi restaurado pela equipe do Museu Asas de um Sonho e foi oficialmente apresentado aos Veteranos do 1º Grupo de Caça e aos demais presentes ao evento.

O acordo entre a Fundação Santos=Dumont e o Museu da TAM foi costurado depois de várias tentativas e muita briga política. Finalmente em fevereiro deste ano, tendo como articuladores o Cel R/R Ajax, o Maj-Brig. R/R Checchia, presidente da Fundação Santos=Dumont, e João Amaro, Presidente do Museu da TAM, o sonho de tornar a expor o P-47 tornou-se realidade. O contrato prevê que a aeronave depois de restaurada ficará em exposição no Museu da TAM durante 5 anos, findo este prazo o avião retornará para a Fundação Santos=Dumont.

Uma vez definido o restauro, restava agora definr qual aeronave seria representada. Ficou consensado que seria feita uma justa homenagem ao único piloto do 1º Grupo de Caça que vive em São Paulo, na vizinha cidade de Araraquara, o Comandante Fernando Correa da Rocha. O P-47 então recebeu a designação B-5, s/n 42-29265 e teve pintado do lado esquerdo logo à frente do pára-brisa o nome do 2º Ten-Av. Rocha, do Sgt. Schmidt e do Cb. Sebastião, tal qual era há 60 anos atrás, e no qual o jovem Tenente Rocha cumpriu boa parte das suas 75 missões de guerra.

Além do grande homenageado do dia, o Comandante Rocha, a solenidade foi acompanhada pelos Veteranos do Grupo de Caça (Rui, Meira, Goulart, Buyers, João Rodriguez, Marinho e Osias), além de várias autoridades civis e militares, dentre elas o Brigadeiro Vilarinho (comandante do DECEA) e o Brigadeiro Azevedo (comandante do IV COMAR), o atual comandante do 1º Grupo de Caça Ten-Cel Osmar, e muitos outros antigos caçadores como os Brigadeiros Octávio Moreira Lima (Diretor do INCAER), Márcio Bhering (Diretor do MUSAL) e Lauro Ney Menezes (Presidente da ABRA-PC).

O evento começou com Ian Comber, vice-presidente executivo do Museu da TAM, fazendo a leitura de elogios feitos por comandantes norte-americanos sobre o nosso desempenho em combate durante a campanha da Itália. Em seguida, o grande homenageado do dia, o Comandante Rocha brindou a todos com palavras carregadas de muita emoção sobre a sua carreira no Grupo de Caça e toda a experiência por ele vivida nos campos de batalha. Os anfitriões Rui Amparo, Vice-Presidente Operacional da TAM, e João Amaro falaram sobre o orgulho da TAM em ter no seu museu este avião, que fez história na FAB, e ofertaram ao Comandante Rocha uma placa alusiva ao evento de hoje.

As homenagens foram encerradas pelos representantes da FAB da ativa. O Brig. Vilarinho ofertou ao Comandante Rocha um quadro autografado por todos os presentes, e ao João Amaro uma gravura do P-47 B-5, produzido pelo Sandro Dinarte. Ambos foram entregues pelo Ten-Cel. Osmar. O Brig. Azevedo leu para os presentes, as palavras do Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Bueno, que não pode comparecer ao evento devido a compromissos de última hora em Brasília.

Como não poderia deixar de ser num evento aonde está o Brigadeiro Rui Moreira Lima, Veterano piloto do 1º Grupo de Caça na Itália, foi comandado um sonoro ADELPHI! em homenagem ao Museu Asas de um Sonho, seguido pelo canto do Carnaval em Veneza, Hino da Aviação de Caça.

No encerramento do evento houve um almoço de confraternização para todos os convidado, que foram ainda brindados à saída com um belo e delicado pin do P-47 B-5 e um livro da TAM. Como sempre a TAM demonstrando que encantar o cliente é uma marca registrada da empresa.

A comitiva que veio do Rio de Janeiro trazendo os Veteranos do 1º Grupo de Caça embarcou no C-99A FAB 2521 do 1º/2º GT, Esquadrão Condor, e na competente pilotagem do Maj. Cavalcante e tripulação (Cap. Sandro, SO Gomes, SO Reginaldo e 3S Guimarães) pousou no Aeroporto Santos-Dumont às 15:45

imagem001 Outras imagens - Clique aqui para ver a fotogaleria deste artigo