Quinta, 23 de Novembro de 2017
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)
A-20 em três vistas
imagem001 galeria do A-20

 

 

Ficha Técnica

Fabricante Douglas Aircraft Company
Modelo A-20 Havoc
Ano Entrada Serviço 1941
Produzidos 7.478
Motor Dois Wright R-2600-29 Double Cyclone radiais com 14 cilindros de 1.600 hp cada, com superchargers de dupla velocidade.
Envergadura 18,69 m
Comprimento 14,63 m
Altura 5,36 m
Área da Asa 43,10 m²
Peso Vazio 7.830 kg
Peso Máximo 12.244 kg
Tripulação 3
Armamento 2 metralhadoras Browning .50” fixas no nariz e 2 móveis na torre dorsal. Até 1.814 kg de bombas, na baía de bombas e sob as asas.
Velocidade Máxima 518 km/h @ 3.050 m
Velocidade Cruzeiro 433 km/h
Teto 7.650 m
Alcance 1.336 km

 

História

O Douglas A-20 Havoc serviu nas forças Aliadas durante a maior parte da Segunda Guerra Mundial, usado pelas forças britânicas, americanas e soviéticas. O tipo teve grande uso, provando ser um grande vencedor capaz de suportar grandes castigos, mas honrou seu apelido graças à sua velocidade e ao seu poder de fogo. Suas tripulações colocaram a aeronave num ritmo de produção que chegou a atingir mais de 7000 unidades e muitas variantes do modelo. Construído como um bombardeiro leve acabou operando mais ou menos como um caça pesado, o Havoc provou ser uma adição de sucesso para a linha da Douglas e do esforço de guerra Aliado guerra como um todo antes de ser finalmente substituído pelo mais capazes Douglas A-26 Invader no papel de ataque/bombardeiro diurno e do Northrop P-61 Black Widow no papel de caça noturno.

O A-20 provou ser uma pequena aeronave de grande valor. A capacidade do equipamento para se adaptar às diferentes configurações de armamento permitiu o tipo chegar mais longe e mais adiante na guerra do que seria de outra forma. O Havoc ofereceu aos seus operadores uma plataforma de ataque robusta e poderosa capaz de desempenhar uma variedade de papéis especializados desde ataque ao solo a bombardeio leve e straffing conforme necessário. De qualquer forma, os A-20 Havocs mostraram que tipos "polivalentes" de dois motores ainda tinham um lugar em uma guerra pontilhada de caças elegantes e bombardeiros pesados.


fonte: Military Factory