Segunda, 20 de Novembro de 2017
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)
Patente: Kapitänleutnant (Turma de 1934)
Nascimento: 01/07/1915, Beulwitz (hoje Saalfeld), Alemanha
Falecimento: 25/05/1990, Wangen, Alemanha
Obs.: Afundou 8 navios totalizando 14.709 t e danificou 2 navios totalizando 9.336 t.
Hans-Werner Kraus
Histórico Profissional
Patentes
Seekadett (set-34)
Fähnrich zur See (jul-35)
Oberfähnrich zur See (jan-37)
Leutnant zur See (abr-37)
Oberleutnant zur See (abr-39)
Kapitänleutnant (nov-41)
Condecorações
U-Boat War Badge 1939 (29-Abr-1940)
Iron Cross 2nd Class (08-Jul-1940)
Iron Cross 1st Class (28-Set-1940)
Knights Cross (19-Jun-1942)
Navios comandados
U-83 (08-Fev-41 à 21-Set-42) - 9 patrulhas (212 dias)
U-199 (28-Nov-42 à 31-Jul-43) - 1 patrulha (80 dias)
História
Hans Werner Kraus começou sua carreira na marinha em Abril de 1934. Serviu no crusador leve Königsberg. Em Outubro de 1939 foi transferido para a força de U-boat. Após o treinamento de praxe substituiu 'Bertl' Endraß no U-47 no posto de IWO. Deixou o U-47 em Novembro de 1940 após cinco patrulhas bem sucedidas com Günther Prien, e, três meses mais tarde, foi designado como comandante do U-83.

Em 18 de Dezembro de 1941, durante sua terceira patrulha com o U-83, atravessou o Estreito de Gilbraltar. Deixou o comando do submarino após seis patrulhas no Mediterrâneo.

Em 28 de novembro de 1942 Kraus comissionou o u-boat U-199 Tipo IXD. O submarino foi afundado em sua primeira patrulha deixando apenas 12 sobreviventes em 31 de Julho de 1943, por aviões perto da costa brasileira.

Hans Werner Kraus, então, passou quase três anos num cativeiro americano. Ele chegou a Fort Hunt em 18 de Agosto de 1943 e foi mantido lá até 6 de setembro. Ele foi então transferido para Crossville, e depois para Papago Park em 27 de janeiro de 1944. Kraus foi um dos 25 prisioneiros de guerra que escaparam deste acampamento durante a noite de 23-24 de dezembro de 1944. uma semana depois, Kraus e seu companheiro Helmut Drescher tinha viajado 43 milhas, mas Drescher sofreu uma lesão que os obrigou a se render. Eles voltaram para Papago Park.

Em fevereiro de 1946 Kraus foi enviado a Camp Shanks, Nova York, e, em seguida, a um presídio na zona britânica da Alemanha perto de Münster, antes de ser libertado.

Hans-Werner Kraus morreu em 25 de maio de 1990

fonte: uboat.net