Quinta, 23 de Novembro de 2017
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)
C-60 em tres vistas
imagem001galeria do C-60

 

 

Ficha Técnica

Fabricante Lockheed Aircraft Company
Modelo Lodestar C-60
Ano Entrada Serviço 1940
Produzidos mais de 500
Motor Dois Pratt & Whitney Hornet S1E2-G radiais à pistão de 875 hp
Envergadura 19,96 m
Comprimento 15,19 m
Altura 3,63 m
Área da Asa 51,19 m²
Peso Vazio 4.665 kg
Peso Máximo 9.525 kg
Tripulação 3
Armamento Nenhum
Velocidade Máxima 322 km/h
Velocidade Cruzeiro 428 km/h
Teto 7.620 m
Alcance 4.023 km

 

História

O Lodestar 18, assim denominado pela Lockheed, era um bimotor de transporte que fez voou pela primeira vez em 21 de setembro de 1939. O protótipo era um Lockheed 14 Super Electra com a fuselagem alongada em 5 pés (aproximadamente 1,5 m).

Originalmente direcionado para o mercado da aviação civil, o Lodestar teve vendas pouco expressivas em virtude da forte concorrência do Douglas DC-3. Ainda assim 96 unidades foram encomendadas por companhias aéreas do Canadá, Brasil, França, Holanda, Noruega, África do Sul, Reino Unido e Venezuela.

As primeiras encomendas militares vieram em 1940 da U.S. Navy (marinha de guerra americana). Forma pedidas três versões: transporte executivo para sete passageiros, transporte para quatorze passageiros e transporte de paraquedistas para dezoito soldados. Em 1941 a USAAC (força aérea do exército americano) operava treze Lodestar sob a designação de C-57. Após o ataque japonês à Pearl Harbor em 7 dezembro de 1941, vários Lodestars foram requisitados pelas Forças Armadas dos EUA e rebatizados de C-56. Entre 1942 e 1943 a USAAC adquiriu 324 C-60A, o modelo de transporte de paraquedistas. Alguns desses aviões foram passados às Forças Britânicas e do Commonwealth para serem operados como transporte de médio alcance.

Após a Guerra alguns Lodestars foram convertidos para transporte executivo enquanto outros passaram a operar em pequenas empresas charter.


fontes: Warbird Alley e RCAF.com